Agência Gôndola Digital

01 Mar 2019 02:50
Tags

Back to list of posts

<h1>Aumente Tua Receita Com Marketing Digital</h1>

<p>Integra&ccedil;&atilde;o de canais &eacute; uma realidade ineg&aacute;vel. Seja abra&ccedil;ando o movimento convencional, de come&ccedil;ar as opera&ccedil;&otilde;es pelo varejo f&iacute;sico e expandir para o digital ou ainda pelo caminho inverso, varejistas s&atilde;o unanimes ao distinguir a import&acirc;ncia de estar presentes em tal grau no mundo f&iacute;sico quanto no &acirc;mbito digital. A Euromonitor International, organiza&ccedil;&atilde;o de procura de mercado e consultoria, foi convidada para participar do F&oacute;rum E-Commerce Brasil 2017, que aconteceu de 25 a vinte e sete de julho em S&atilde;o Paulo.</p>

&gt; <p>No previu o “fim” dos shoppings como os conhecemos hoje, afirmando que eles se tornar&atilde;o um recinto mais voltado ao conv&iacute;vio social do que realmente para promo&ccedil;&atilde;o de compras. Brioschi enfatizou a gravidade de ajustar os shoppings frente a essa nova realidade que integra lojas f&iacute;sicas e digitais &agrave; propor&ccedil;&atilde;o que as compras online de imediato viraram uma realidade dentro das lojas.</p>

<p>De acordo com Brioschi, uma vez que as vendas s&atilde;o contabilizadas na pr&oacute;pria loja, n&atilde;o h&aacute; combate com os interesses comerciais dos shoppings. O desafio de absorver canais e, ao mesmo Esses dez Cargos Est&atilde;o Em Alta E T&ecirc;m Sal&aacute;rios De At&eacute; 30 1 mil Reais , convencer os varejistas de que o canal online &eacute; um aliado e n&atilde;o oponente assim como foi um t&oacute;pico debatido por Jonas Waisberg, diretor de vendas da Mash Underwear.</p>

<p>Waisberg apresentou o case do lan&ccedil;amento do primeiro quiosque da marca (que precisar&aacute; ser aberto em breve) onde consumidores poder&atilde;o fazer as compras utilizando tablets acess&iacute;veis no respectivo local. Ademais, Waisberg discutiu como o canal online pode ser um componente que se intensifica o tr&aacute;fego das lojas. Ele explicou que, embora os compradores realizem as transa&ccedil;&otilde;es rua canal online, eles s&atilde;o mais propensos a remover os produtos pela pr&oacute;pria loja, a final de evitar custos de frete. E uma vez na loja, torna-se menos dif&iacute;cil engaj&aacute;-los com a marca. Como Criar Um Neg&oacute;cio Sem Dinheiro mesma conclus&atilde;o foi feita na gerente de marketing da Campneus, Fernanda Galhego.</p>

<ul>
<li>O poder e a for&ccedil;a das comunidades</li>
<li>Escolha dum dom&iacute;nio curto e acess&iacute;vel</li>
<li>10/07/2018 11h58 Atualizado 10/07/2018 11h58</li>
<li>um Hist&oacute;rico da Organiza&ccedil;&atilde;o</li>
<li>Retorno perante investimento (ROI)</li>
<li>2 Levantamentos e Pesquisas</li>
</ul>

<p>Galhego palestrou a respeito da constru&ccedil;&atilde;o da primeira loja digital da marca e o desafio de vender online um produto que, do mesmo jeito que cuecas, n&atilde;o &eacute; tipicamente comprado na Web. Todavia, mesmo que os fregu&ecirc;ses comprem os produtos online, eles os retiram na loja - onde tipicamente acabam adquirindo servi&ccedil;os adicionais, como alinhamento e balanceamento.</p>

<p>Deste modo, e tamb&eacute;m acrescentar o tr&aacute;fego das lojas, a estrat&eacute;gia assist&ecirc;ncia a ati&ccedil;ar compras A Intelig&ecirc;ncia Artificial Vai Assaltar O Meu Emprego? contribuem pro efeito das lojas f&iacute;sicas. Outro foco muito comentado no evento foi o est&iacute;mulo de reunir canais de forma que os fregu&ecirc;ses possam fazer a devolu&ccedil;&atilde;o dos produtos no canal que lhe for mais conveniente, independentemente de onde o objeto tenha sido comprado. A integra&ccedil;&atilde;o de pre&ccedil;os tamb&eacute;m foi uma pergunta comum entre os palestrantes, que apontaram a necessidade imediata de fazer estrat&eacute;gias que permitam que os pre&ccedil;os exibidos online sejam os mesmos das prateleiras. Do lado tecnol&oacute;gico, Rodrigo Nasser, um dos fundadores da ITU Partners, discutiu sobre o futuro do servi&ccedil;o ao comprador no e-commerce.</p>

<p>Ele avaliou o ritmo crescente da ado&ccedil;&atilde;o de bots nos bate-papo com fregu&ecirc;ses que n&atilde;o apenas somente trabalham com linguagem por filtragem de atributos, mas que compreendem linguagem natural. Andr&eacute; Fatala, CTO da Magazine Luiza, apontou a intelig&ecirc;ncia artificial como um meio de aperfei&ccedil;oar a experi&ecirc;ncia de compra dos consumidores e bem como uma ferramenta que ajuda os varejistas a gerenciar seus estoques. Numa concep&ccedil;&atilde;o mais ampla, a integra&ccedil;&atilde;o de canais foi posta como um dos desafios fundamentais pra alavancar o com&eacute;rcio digital no Brasil. Um comprador que adquire um objeto online quer ser apto de devolv&ecirc;-lo, se primordial, em qualquer loja da marca - o que nos dias de hoje n&atilde;o &eacute; a realidade mais comum no Brasil.</p>

<p>A integra&ccedil;&atilde;o de valor &eacute; Branding De Celebridades &eacute; Nova Atividade A Ser Explorada Pelo Mercado , que os clientes ainda se deparam com pre&ccedil;os diferentes pra um mesmo artefato, da mesma marca, ao compar&aacute;-los no canais online e f&iacute;sico. Com a aux&iacute;lio de tecnologias de intelig&ecirc;ncia artificial, os compradores esperam que os varejistas eliminem as barreiras entre o varejo f&iacute;sico e o digital, de forma a botar sua experi&ecirc;ncia de compra dos compradores em primeiro territ&oacute;rio. Sendo assim, os varejistas que conseguirem se acertar ser&atilde;o aqueles que ganhar&atilde;o a prefer&ecirc;ncia do consumidor nos pr&oacute;ximos anos.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License